LVII dia

Tive uma conversa, pouco antes, com o meu marido, sobre a possibilidade de voltar para a Itália, antes que acabe o visto, no próximo mês de Março. Seria somente um passeio, para ver a familia e os amigos.

Sei que a Itália é a minha patria; sei que foi criada lá; sei que as minhas raízes pertencem àquele lugar… Mas, mesmo somente falando sobre a possibilidade de voltar, eu fico triste.

Quando as pessoas me querem se gosto do Brasil, a minha resposta é sempre que, para mim, o Brasil é como a ilha de Lost para o John Locke. Um lugar mágico, onde pela primeira vez na minha vida me sento bem, completamente feliz, em casa.

Aqui consegui recuperar a capacidade de olhar para o mundo com os olhos de uma criança.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s